Hanway G15 125 Adventure: Para aventuras sem fim…

By on 24 Setembro, 2021

 A G15 Adventure é a novidade mais recente da Hanway na sua gama de 125 cc, uma trail aventureira com um estilo ‘neo-retro’ e pronta para todos os caminhos graças ao seu potente e tecnológico motor. O preço é uma grande surpresa!

A Hanway continua a oferecer novidades no segmento das motos de 125 cc com “Full Equipment” movidas pelo motor 158MI-2, caracterizada pelas suas dimensões compactas, refrigeração líquida, cabeça DOHC (dupla árvore de cames) e 4 válvulas, caixa de seis velocidades, capaz de render 14,9 CV, perto do limite estabelecido para a categoria de motos de 125 cc passíveis de serem conduzidas com carta de automóvel.

Cumpre assim a homologação Euro 5 de emissões poluentes e roça o limite permitido para ser conduzida com carta A1 ou carta de automóvel: 14,9 CV às 10.000 rpm.

Um novo modelo que se coloca ao lado das conhecidas Furious NK125S ’21 e SC125S.

Trata-se de uma trail ao mais puro estilo aventura e com um design ‘neo-retro’, disposta a não ter limites nos desafios que se lhe imponham, seja em percursos longos, provando o seu valor seja em acelerações e velocidade máxima, ou quando abandona o asfalto e roda em caminhos e pistas florestais.

A sua robustez está mais que provada, ao empregar um quadro de duplo berço em tubo de aço, acompanhado por um sólido braço oscilante de seção retangular. As formas do quadro permitem-lhe oferecer um assento para o condutor elevado a somente 810 mm do solo, o que proporciona a condutores de todas as estaturas o poderem apoiar ambos os pés no chão. A este quadro juntam-se suspensões de primeira: à frente uma forquilha invertida com bainhas de 35 mm e, atrás, um monoamortecedor hidráulico com ajuste de pré-carga.

As jantes de liga leve imitam as de raios pelos muitos braços. Para se adaptar à condução em off-road, a dianteira é de 19 polegadas enquanto a traseira é de 17’’. Os pneus empregues contam com um desenho misto com uma banda de rodagem formada por diversos tacos juntos entre si, para continuar a proporcionar boa aderência em asfalto, com uma excelente drenagem de água em piso molhado.

Outro dado importante a destacar na G15 Adventure é o seu depósito com capacidade para 20 litros de combustível que, dado o seu reduzido consumo, faz atingir uma autonomia recorde na cilindrada de 125 cc: mais de 600 quilómetros sem reabastecer, o que reforça o seu caráter aventureiro na utilização em tiradas de longo curso. Apesar da sua elevada capacidade, o depósito não afeta a comodidade da postura de condução, já que se encontra rebaixado para reduzir a sua largura na zona de apoio dos joelhos.

No que respeita à travagem, a G15 Adventure vem equipada com discos de travão sobredimensionados, sobretudo o dianteiro de 300 mm, acompanhado por um traseiro de 220 mm, com pinças de três pistões e pistão simples, respetivamente. Tem o sistema de travagem combinada CBS que atua sob o pedal de travão traseiro, sobre a pinça posterior e um dos três pistões da pinça dianteira.

Para o seu painel de instrumentos recorre-se a dois mostradores circulares que lhe dão um toque clássicos, ainda que no interior de ambos se conte com ecrãs digitais LCD. O da esquerda inclui o velocímetro em formato duplo: com grandes dígitos no centro e, no perímetro do círculo, de forma analógica; esse mesmo círculo integra um nível gráfico de combustível e o conta-quilómetros total e parcial. O da direita também mostra o conta-rotações de forma analógica e digital (ao centro), indicador de mudança engrenada, relógio e oito avisadores luminosos.

Também encontramos na G15 uma iluminação 100% LED, com um farol redondo que inclui dois módulos LED de alta intensidade para médios e máximos, envoltos num contorno com uma guia luminosa que faz de luz de presença. Mesmo acima do farol encontra-se um prático para-brisas que, para além de proteger aerodinamicamente o condutor, confere uma imagem aventureira.

Neste mês de setembro começou a distribuição deste novo modelo na rede de pontos de venda oficiais Hanway com que a Onetrón conta em Portugal e Espanha, por um preço especial de lançamento de 3.145,00€ (IVA incluído).

Ficha técnica

MOTOR

Tipo: Monocilíndrico 4 tempos, refrigeração líquida, dupla árvore de cames DOHC, quatro válvulas e arranque elétrico

Diâmetro x curso: 58×47 mm

Alimentação: Injeção eletrónica

Cilindrada: 124,2 cc

Taxa de compressão: 12:1

Potência máxima: 14,9 CV a 10.000 rpm

Binário máximo: 11,0 Nm a 8.000 rpm

Emissões de CO2: 41 g/km

Embraiagem: Multidisco em banho de óleo

Caixa: 6 velocidades

Consumo de combustível anunciado: 1,8 l/100 km

CICLÍSTICA

Tipo de quadro: Multitubular duplo berço em tubo de aço

Suspensão dianteira: Forquilha invertida de 35 mm. Curso de 110 mm

Suspensão traseira: Monoamortecedor. Curso de 60 mm

Travão dianteiro: Disco 300 mm com pinça de três pistões

Travão traseiro: Disco 220 mm com pinça de pistão simples, CBS

Pneu dianteiro: 110/80-19

Pneu traseiro: 140/70-17

DIMENSÕES E PESO

Comprimento máximo: 2.140 mm

Largura máxima: 790 mm

Altura máxima: 1.270 mm

Altura do assento: 810 mm

Distância entre eixos: 1.410 mm

Capacidade do depósito de combustível: 20 l

Peso em ordem de marcha: 149 kg

Preço: 3.145,00€ (IVA incluído)

Importador: Onétron

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments