Históricas: Leiloada a penúltima Ducati 900 ‘Hailwood Réplica’

By on 5 Maio, 2021

Foram apenas produzidas 2.000 unidades da Ducati MH 900e, sendo todas elas numeradas. Esta foi uma moto que em princípio seria um protótipo, mas entre 2001 e 2002 a casa de Borgo Panigale produziu-a, ainda que em séries limitadas. A unidade número 1900 foi vendida em leilão por 20.000 dólares!

A razão para essa mudança de curso é explicada com o tributo que a marca quis fazer à primeira Ducati 900 MHR (Mike Hailwood Réplica) que o lendário piloto britânico levou à vitória no Tourist Trophy de 1978. Agora, um desses 2.000 espécimes foi vendido em leilão no Canadá.

A Ducati MH 900e teve a assinatura de Pierre Terblanche,um designer sul-africano que à época responsável pelo centro de estilo Ducati. O objetivo de então, era reproduzir uma neo clássica mas em formato futurista. A ideia atraiu e foi apresentada na Intermot de Munique em 1998, quando foi apresentada como protótipo. Se virmos hoje uma MV Agusta Superveloce, facilmente nos apercebemos que essa moto neo-retro, foi beber uma certa dose de inspiração a esta exclusiva Ducati… mas essa é uma outra história!  

A exclusiva série MH 900e está equipada com um V2 refrigerado a ar de 904 cc e 74 cv, um braço oscilante de um único braço feito de tubos de aço e com uma dupla ponteira de escape duplo. A carenagem dianteira e o depósito formam praticamente dois elementos em um, e quanto ao motor foi uma unidade que serviu, entre outros modelos da Ducati, as primeiras Supersport 900.

As 2.000 unidades produzidas foram compradas em todo o mundo, com mais da metade das reservas esgotadas rapidamente. O seu preço em 1998 era de 15.000€. Agora, num leilão de RM Sothebys, surgiu uma dessas Ducati MH 900e – com o número 1.900 gravado, registo do Canadá  e não completamente original – que o antigo proprietário colocou a leilão por 20 mil dólares (16.600€). Foi prontamente arrebatada, como é óbvio!

GALERIA DUCATI MH 900e

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments