Moto Guzzi V7 III Special 50 anos

By on 1 Agosto, 2017

Para celebrar os 50 anos do nascimento do primeiro modelo, a Moto Guzzi apresenta a V7 III. A terceira geração da moto mais conhecida que se apresenta completamente renovada.

O grande objectivo foi criar uma moto que propicie o máximo prazer de condução, com respeito pela autenticidade e pergaminhos deste modelo mítico.

A V7 é o modelo mais célebre da marca, lançada em 1967, e desde essa data que se tornou no expoente máximo da excelência das motos italianas, sendo reconhecida como moto que abrange um público muito heterogéneo.

A V7 III apresenta-se nas versões Stone, com grafismo ‘Total Black’, Special, de aspecto clássico onde predominam os comandos, e Racer, que enaltece o passado desportivo do modelo com 15 títulos mundiais e 11 de Tourist Trophy.

Hoje, a V7 conhece um novo elemento em homenagem aos seus cinquenta anos, surge a versão aniversario, série numerada e limitada a apenas 750 exemplares e com detalhes de excepção.

Muito embora a potência máxima tenha aumentado em 10 por cento, graças à introdução de um novo motor, o aumento das prestações não foi o objetivo principal da renovação da V7. A terceira geração do ícone de Mandello Del Lario quer isso, continuar a ser uma moto de carácter forte, autêntica e fiel aos pergaminhos da marca.

A V7 III mantém intacta a personalidade estilística do modelo, caracterizada por um design que se inspira na história da Moto Guzzi e nas necessidades de uma moto contemporânea, o que se reflecte através dos novos escapes e das novas cabeças dos cilindros.

Outros elementos novos são a tampa do depósito de combustível em alumínio com chave, as coberturas dos injectores, as tampas laterais e o banco com grafismos diferentes em cada versão.

Na V7 III Stone, está montado um mostrador circular com 100mm de diâmetro, enquanto na Special e na Racer estão presentes dois mostradores. As principais informações, surgem no painel digital.

O novo desenho do quadro da V7 mantém a distribuição de peso, mas a parte frontal foi reforçada, designadamente através de uma nova geometria de direcção, que garante maior dinâmica em curva e uma superior manobrabilidade e estabilidade.

Completamente nova é a dupla de amortecedores Kayaba, reguláveis em pré carga da mola.

Já a posição de condução muda um pouco, devido, em particular, à menor altura ao solo que passou a ser de 770mm.

O motor bicilindrico em V transversal, nascido pelas mãos de Giulio Cesare, que nasceu em 1967 chega agora à sua terceira evolução, com o objectivo de elevar ao máximo o prazer da condução e de garantir o melhor desempenho e a máxima fiabilidade.

Na parte superior do motor, podemos contar com cabeças, pistons e cilindros, completamente novos e a alimentação electrónica está a cargo de uma nova unidade da Marelli, acompanhada por uma centralina electrónica.

Igualmente novo é também o sistema de escape, com superior isolamento térmico, bem como o catalisador e a dupla sonda lambda, que permite o cumprimento da norma de emissões Euro 4.

Em matéria de segurança, destaque na V7 III para o sistema de ABS e o novo MGCT (Moto GUzzi Control Traction) ajustável e desconectável. O ABS é uma unidade continental de duplo canal e o MGCT tem dois níveis de ajuste, para uma condução com máxima confiança.

FICHA TÉCNICA

Motor -Bicilindrico em V a 90º, 4 tempos

Cilindrada – 744 cc

Diâmetro x curso – 80 x 74 mm

Potência – 52 CV (38 kW) às 6.200 rpm

Binário – 60 Nm às 4.900 rpm

Caixa de velocidades – 6 velocidades

Suspensão dianteira – Suspensão telescópica hidráulica com 40 mm

Suspensão traseira – Braço oscilante em liga leve com dois amortecedores reguláveis em pré- carga

Travão dianteiro – Disco flutuante de Ø 320 mm. Pinça Brembo de quatro pistons opostos

Travão traseiro – Disco de Ø 260 mm. Pinça flutuante de dois pistons

Roda dianteira – Jante de raios de 18″, 100/90

 Roda traseira – Jante de raios de 17″, 130/80

Altura do assento – 770 mm

Peso a seco -193 kg

Capacidade do depósito – 21 lt, 4 lt reserva

 Cores disponíveis – Nero Inchiostro, Blu Zaffiro

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments