Preparar a moto para viajar

By on 13 Maio, 2020

Umas relaxantes férias de moto, podem ser o melhor remédio para aliviar a pressão depois de cerca de dois meses de confinamento devido à Covid 19. Agora, já no período de desconfinamento, há que fazer contas à vida, rever os planos de verão e, porque não, planear uma viagem para descomprimir.

Mas estará a sua moto pronta para viajar? Que precauções deve tomar para ter umas férias tranquilas, a sós ou a dois?

Texto: Ricardo Ferreira Fotos: Rui Elias

A moto é um excelente meio de transporte e também uma excelente solução para o lazer, permitindo-nos comungar com a natureza como poucos outros veículos… mas também ficar exposto aos elementos! Logo, para não ter surpresas siga alguns dos nossos conselhos para preparar a sua moto.

Em pormenor, aqui ficam os componentes a verificar e regular:

Check list

Travões: desgaste e bom funcionamento

Pneus: desgaste, pressão e estado (à frente 2,5 bar, atrás 2,9 bar)

Suspensões: estado e fugas

Luz intermitente: bom funcionamento

Farol: bom funcionamento

Corrente: estado, tensão e lubrificação

Preparativos

SUSPENSÕES

Como deve saber, nem todas as motos têm suspensões reguláveis. Se for esse o caso da sua moto, em particular no garfo, evite soluções de óleo mais espessas, que podem gerar um comportamento em estrada anormal, forçando-o a uma mudança inesperada no caminho de regresso.

No entanto, o mais provável é que a sua moto tenha um ajuste na mola do amortecedor traseiro, pelo que provavelmente terá regular a pré-carga (utilizando a chave de parafusos fornecida no kit de ferramentas) com o objetivo de apertar ainda mais a mola para levantar a traseira e restaurar uma altura de condução razoável para a sua moto.

Para isso, lembre-se de anotar a configuração de pré-carga original antes de a alterar, para que possa voltar à configuração original quando regressar. Peça ajuda a alguém: leia a distância entre dois pontos da moto (por exemplo, a base do guarda-lamas traseiro e o solo) em condições normais (moto descarregada), e depois com a moto (carregada com bagagem, você e o passageiro) pronta a viajar.

Normalmente, a traseira da moto vai baixar alguns centímetros em altura. Para repor a altura da traseira da moto na sua posição normal, é necessário aumentar a pré-carga da mola. Uma vez isso feito, volte a medir. Idealmente, deve ficar próximo do valor original. Mas não sonhe que, sob carga, a suspensão tenderá a ceder de qualquer forma, especialmente se a sua moto for de pequena ou média dimensão – por exemplo, uma 250cc ou 600cc.

No entanto, este ajuste da suspensão irá, pelo menos, limitar a flacidez, ou mesmo repor o comportamento original numa moto de maior cilindrada, que seja menos dependente do volume de carga.

Para obter um comportamento homogéneo, e se a sua moto tiver esse equipamento, terá também de apertar a pré-carga do garfo dianteiro, e assim fechar também um pouco o sistema hidráulico para evitar que o garfo suba demasiado rápido (ou seja, o ressalto, através da regulação dos parafusos no topo dos tubos do garfo).

De acordo com os técnicos (recomendação da Ohlins), não é obviamente recomendado aparafusar o ajuste de compressão (geralmente no fundo das bainhas). Após elevar a sua regulação original, feche esta regulação com alguns cliques à frente e atrás e depois faça um teste em condições: quando a moto for carregada como duo, terá de se afundar uniformemente à frente e atrás.

No entanto, duas coisas são óbvias: se não sabe como ajustar a suspensão, nada melhor que passar pela sua oficina habitual e pedir a um profissional para o fazer. Além disso, mesmo que perfeitamente sintonizada, não pode pedir à sua moto muito carregada que apresente um comportamento como se nada tivesse acontecido. Por isso, acima de tudo, durante a viagem adapte a sua condução às condições, ande com calma praticando uma atitude preventiva – afinal, está de férias… mas não está sozinho na estrada… e o passageiro vai agradecer essa atenção extra.

LUZES

Uma vez carregada, a sua moto terá uma tendência natural para se inclinar mais ou menos atrás, dependendo das suas capacidades de suspensão: em casos extremos, poderá inclusive correr o risco de iluminar as copas das árvores se viajar à noite, ou de incomodar outros utentes da estrada que se cruzem consigo.

Por isso, lembre-se também de ajustar o azimute dos farol da frente assim que a moto estiver carregada, certificando-se de verificar a regulação na posição de farol baixo. A maioria dos faróis das motos pode ser ajustada através de um parafuso na lateral do farol (farol redondo nos roadsters, customs), ou atrás de carenagens (roadsters, desportivas), que nem sempre são de fácil acesso.

BAGAGENS E ‘DUO’

Certifique-se de equilibrar o peso e evite sobrecarregar as malas laterais. Por exemplo, não coloque um grande kit de ferramentas ou um grande saco em forma de U junto ao descanso central, pois isso pode causar desequilíbrio ao curvar e sobrecarregar a suspensão. Além disso, não deve sobrecarregar a top case: pode alojar nela objetos volumosos mas leves, como roupas. Os artigos pesados e essenciais devem ser armazenados no saco do tanque, perto do centro de gravidade da moto.

Pode ainda extrair alguns extras de performance da moto e que não vai precisar andado a dois, sem grande tensão da corrente ou pressões de ar especiais nos pneus. Deve apenas adicionar alguma pré-carga ao amortecedor traseiro para ‘devolver’ a altura original à moto, o que vai contribuir para uma condução mais segura.

NOTA FINAL

Uma moto carregada trava menos, consome mais, precisa reduzir mais a marcha para ultrapassar… Uma moto com equipamento suplementar (bolsa de depósito, bolsas laterais) pode revelar alguns inconvenientes ergonómicos: os pés dos ocupantes que se tocam. Muito peso na frente não é recomendável se quer manter a direção da sua moto estável, muita carga atrás e mal arrumada limita a comodidade do passageiro. O melhor a fazer é repartir o peso equitativamente pela moto… e faça isto tudo antes de partir de férias, porque se andar a parar constantemente e a sujar as mãos… umas férias tranquilas, transformam-se num pesadelo!

Boas férias!

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!