Problemas no fornecimento de sensores de ABS para motos

By on 27 Abril, 2022

A escassez de certas matérias-primas tem sido a principal causa da interrupção da cadeia de fornecimento dos sensores de ABS para motos, que tem feito abrandar a entrega de novos modelos a nível mundial.

O atraso no prazo de entrega de algumas motos, é o resultado de uma escassez de certas matérias-primas, que alegadamente afectou a cadeia de fornecimento de ABS para motos. De acordo com o portal Moto-Station, certos OEMs (Original Equipment Manufacturers) relataram enfrentar problemas para acompanhar a procura de sensores de ABS para motociclos. O problema deve-se a uma falta de matérias-primas, certos tipos de metais e ligas especificamente.

Como resultado desta falta, alguns fabricantes que dependem de outras empresas para componentes e peças poderão ter alterado os seus planos de produção e prazos, a fim de se adaptarem a esta situação, e subsequentemente reduzido o fornecimento de peças.

Efectivamente, isto contribui para os já longos tempos de espera, especialmente para certas marcas e modelos de gama média e alta, que dependem significativamente dos sensores ABS para funcionar. A juntar a isto, está o facto da maioria dos sistemas adicionais, nomeadamente controlo de tracção e controlo electrónico de estabilidade, necessitarem de entradas do módulo ABS, o que sublinha ainda mais a importância deste componente algo minúsculo e frequentemente negligenciado.

A causa raiz desta escassez não foi identificada, embora muitos acreditem que isto possa ser o efeito de bola de neve do bloqueio do Canal de Suez no ano passado, sem esquecer também a pandemia de Covid-19. O que também não está claro é quanto tempo mais esta perturbação no fornecimento de ABS para motociclos poderá durar.

À medida que a maior parte das restrições provocadas pela pandemia são levantadas, o emprego nas fábricas de fabrico e refinarias de matérias-primas está de novo a aumentar. Esperamos que esta perturbação no fornecimento de ABS para motociclos não dure muito tempo.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments