Silence S01 eleita pelo ADAC como a melhor scooter eléctrica

By on 2 Março, 2021

O Automóvel Clube da Alemanha, o prestigiado ADAC, selecionou a Silence S01 como a melhor scooter eléctrica do mercado face às virtudes da sua bateria, capacidade de travagem e espaço de armazenamento.

As scooters elétricas vão aos poucos ganhando posições, tornando-se cada vez mais uma peça vital para a mobilidade urbana. Recentemente o Automóvel Clube da Alemanha, o prestigiado e reconhecido ADAC, realizou uma comparação meticulosa entre cinco scooters eléctricas, e entre todas elas, a espanhola Silence S01 – ou SEAT MÓ eScooter 125 – emergiu como a vencedora.

Os veículos testados e estudados no comparativo foram a Govecs Schwalbe L3e, a Vespa Elettrica 70, as asiáticas NIU NQi GT e Trinity Uranus R, e a Silence S01. Todos podem ser conduzidos com carta de condução automóvel, os seus preços variam entre 4.600 e 7.000 euros, e após testes, medições e muitos dados objectivos, a Silence 01 foi a vencedora graças às suas características ergonómicas, de propulsão e de condução.

Uma das coisas que mais tem atraído a atenção sobre a scooter criada em conjunto pela SEAT e Silence, e que mais pontuação garantiu é a solução oferecida pela sua bateria. A bateria da Silence 01, sendo removível e transportável sobre rodas como um simples trolley, torna o carregamento muito fácil, pois não requer um ponto de recarga ao lado da moto, podendo levar-se com facilidade para onde desejarmos.

Isto fez o ADAC elogiar o seu sentido prático. “A scooter futurista resolve o conflito entre uma grande bateria que assegura uma boa autonomia e a portabilidade de uma bateria pesada”. Uma solução que parece muito simples, mas muito bem pensada e resolvida.

Outros itens destacados no modelo espanhol foram os travões da Silence S01, assim como a sua grande capacidade de carga, uma vez que debaixo do banco oferece um espaço generoso para dois capacetes, o que não é muito fácil de encontrar no seu segmento.

Silence S01, a melhor de cinco propostas

Na comparação entre as cinco scooters elétricas, uma marca espanhola, uma alemã, uma italiana e duas asiáticas, a vencedora foi aquela que obteve menos pontos, o oposto de como o faríamos aqui. E assim, o intervalo de pontuação situa-se entre 0,6 (a melhor pontuação) e 5,5 (a pior pontuação).

A Silence S01 ganhou com uma pontuação de 2,2. Foi seguida de perto pela Govecs Schwalbe L3e e a Vespa Elettrica 70, ambos com uma pontuação de 2,5 e com um preço semelhante ao da Silence S01. No resultado final, os três modelos europeus foram os três modelos mais bem classificados, o penúltimo lugar foi para a NIU NQi GT chinesa, penalizada especialmente em ergonomia, pela posição “desconfortável” dos bancos para condutores mais altos, pelo seu tempo de carga excessivo e pela sua baixa capacidade de carga. Na última posição ficou a Trinity Uranus R, o modelo com o mais baixo nível de conforto.

Qual Fénix renascida das cinzas, a marca espanhola de scooters elétricas retomou a produção de baterias cinco semanas depois de um incêndio varrer as suas instalações

A firma catalã recuperou a capacidade de produzir 132 baterias e 120 scooters elétricas por turno, um nível de produção que faz da Silence a fábrica com a maior capacidade de veículos elétricos em toda a Espanha

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments