Buell Hammerhead 1190 RX: À procura de novo rumo

By on 24 Agosto, 2021

A marca americana fundada em 1993 e praticamente extinta em 2009, já deu o primeiro passo no relançamento. O primeiro modelo de uma nova era foi apresentado… uma desportiva sóbria, animada por um bicilindrico com 185 cv de potência e com 190 kg de peso anunciados.

A Buell Motorcycles procura um novo rumo, aliás, uma nova vida para a marca americana que passou por muita coisa, incluindo uma mudança de dono e posterior desmantelamento. 

No início deste ano, surgiu o anúncio que a marca iria renascer, mas por enquanto apenas no mercado americano, e no dia 21 de agosto apareceu a primeira notícia de um novo modelo que representa o relançamento da marca: a Buell Hammerhead 1190 RX, por meio de um vídeo nas páginas da empresa no Facebook e Instagram.

https://www.instagram.com/tv/CS1vW2XnjgT/?utm_source=ig_embed

https://www.facebook.com/BuellMotorcycles

Os primeiros quilómetros com a nova Hammerhead

Logo em fevereiro de 2021 surgiu o anuncio que cerca de dez novos modelos seriam comercializados até 2024. e o primeiro deles foi agora conhecido, porque Erik Buell parece determinado a não deixar a sua marca morrer, vindo à tona uma vez mais grandes promessas.

A primeira das quais será esta 1190 Hammerhead, animada por um biciclíndrico de 1190 cc que entrega 185 cv ás 10.600 rpm e um binário máximo de 137,8 Nm a 8.200. O peso anunciado é de 190 quilogramas e tudo isto faz lembrar a desportiva 1190 RX de 2014. 

No capítulo da estética, as imagens do novo modelo antecipam uma moto com uma aparência extrema com “guelras de tubarão” na carenagem e uma extremidade traseira esculpida. Esta Superbike será em princípio a base das próximas motos que se estimam venham a surgir, mas pouco mais se sabe, uma névoa de incertezas que certamente ainda fará muita tinta correr sobre a marca criada em 1993 por um ex-funcionário da Harley-Davidson.

A Buell Motorcycles ainda projeta e fabrica os seus modelos nos EUA, mas as exportações continuam muito marginais. Agora, resta esperar se conseguirá ganhar asas para voar de novo alto!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments