Beringer cria manete especial para travar a roda traseira

By on 5 Abril, 2022

O fabricante francês Beringer desenvolveu uma alvanca de travão, graças à qual o travão posterior pode ser acionado com o dedo indicador esquerdo.

O sistema de travão traseiro na manete existe há 30 anos, e não apenas nas scooters! Em 1992, a equipa de fábrica da Honda construiu esse dispositivo para Mick Doohan, porque o australiano não conseguia operar o pedal de travão devido a uma lesão na perna que perturbou grande parte da sua mobilidade.

Agora, a Beringer construiu um manípulo em que o travão traseiro pode ser acionado com o dedo indicador esquerdo. A mudança para esta operação é possibilitada pela ‘Quickshifter Up & Down’, que agora o está a instalar em todas as motos desportivas modernas. Com esse sistema de travagem rápida, o condutor só aciona a embreagem manualmente com a alavanca da embraiagem para iniciar a sua marcha e parar.

Se o travão traseiro for acionado com o dedo indicador em vez do pedal de travão habitual, isso traz várias vantagens. O travão pode ser acionado de forma mais sensível com um ou dois dedos do que com o pé numa bota de corridas. Por outro lado, o travão posterior também pode ser acionado sem restrições quando a moto está inclinada para a direita. A posição do pé direito não precisa ser alterada para operar o travão. Muitos condutores experientes, utilizam o travão traseiro para controlar o equilíbrio da moto a entrar nas curvas e a dosear cavalinhos à saída de curvas.

Existe apenas um problema. Por enquanto, esta manete especial da Beringer só pode ser instalada em motos cuja embraiagem é acionada por um cabo. Para evitar confusão, a alavanca da embraiagem neste encaixe é aberta mais 20 graus. O cilindro mestre tem um diâmetro de 12,7 mm, sendo portanto compatível com a maioria das pinças de travão traseiras. Mais diâmetros serão adicionados posteriormente pelo fabricante. Quanto ao preço deste novo sistema, por enquanto ainda não é conhecido.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments