Ducati dá provas de solidez financeira em 2020

By on 22 Março, 2021

A Ducati encerrou o ano financeiro de 2020, reforçando a solidez que tem caracterizado o fabricante de Borgo Panigale nos últimos anos, aumentando a receita por moto e, simultaneamente, reduzindo os custos fixos devido à pandemia.

Apesar da complexa situação global e da paragem de sete semanas na produção durante o período de pico da época, 48.042 motos (2019: 53,183) foram entregues a clientes em todo o Mundo, limitando a quebra de vendas em relação a 2019 a -9,7%.

A receita no final de 2020 atingiu os € 676 milhões (2019: € 716 milhões) e o lucro operacional foi de € 24 milhões (2019: € 52 milhões), com uma margem operacional de 4%. A tendência de crescimento de vendas comparativamente a 2019 foi verificada na China (+26%), Alemanha (+6,7%) e Suíça (+11,1%). A Itália permanece o primeiro mercado para a Ducati, seguida dos Estados Unidos.

A receita por moto aumentou para € 14,883/moto (2019: € 13,500), representando o valor mais elevado na história da empresa. Isto reflete consistentemente a estratégia de evoluir a gama de produtos em direção à área mais elevada e premium do mercado.

Claudio Domenicali, CEO da Ducati Motor Holding: 

“2020 foi efetivamente um ano desafiante, mas estamos satisfeitos com a nossa performance financeira no decorrer deste ano. Graças a uma disciplina rigorosa fomos capazes de reduzir os custos fixos, limitando assim a quebra na margem operacional. Ao mesmo tempo, reduzir amplamente os inventários teve efeitos positivos no fluxo de caixa, o melhor registado até à data. Os investimentos em novos produtos mantiveram-se totalmente intocados, o que pavimentou o caminho para um desenvolvimento da Ducati no futuro”.

Oliver Stein, CFO da Ducati Motor Holding:

“A estabilidade financeira é muito importante para a empresa suportar o seu desenvolvimento tecnológico, o programas de inovação do produto e processos, bem como as atividades do departamento Ducati Corse. Estamos contentes por conseguir conduzir a Ducati através de uma situação tão complexa em 2020, e começamos 2021 com uma atitude de confiança para recuperar de forma claramente mais rápida que o originalmente previsto.”

A rede comercial da Ducati consiste em 738 vendedores autorizados em mais de 90 países. As entregas da nova gama começam em 2021, incluindo a Ducati Scrambler Desert Sled Fasthouse e a nova Monster, a moto que representa a essência da Ducati na sua forma mais leve, compacta e pura possível. As novas Multistrada V4, SuperSport 950 e a Ducati Scrambler Nightshift já estão disponíveis nos concessionários Ducati em todo o mundo.

48.042 motos entregues, € 676 milhões de receita e € 24 milhões de lucro operacional

Já em março, a Ducati irá tomar novamente parte no Campeonato do Mundo de MotoGP, defendendo o Título Mundial de Construtores conseguido em 2020. A Ducati irá participar também no Campeonato do Mundo de Superbike, que irá começar em maio.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments